Postado em 10 de fevereiro de 2016

Equipe No Pátio


Bem diferente do que costuma acontecer com babás brasileiras, que muitas vezes são humilhadas e sexualmente assediadas pelos patrões, no Reino Unido filhas da classe média chegam a pagar cerca de R$66 mil para aprender a cuidar de crianças e realizar sonho de viajar pelo mundo. O Norland College entrou para o imaginário local com a reputação de educar as melhores babás do mundo. E se pararmos para pensar são britânicas as grandes babás do cinema e da literatura, não é mesmo? É dessa instituição que saem as profissionais que vão cuidar dos filhos de artistas e da realeza, inclusive de George e Charlotte, filhos de Kate Middleton e do príncipe William.

Baseando-se nesses dados, a diretora de documentários para TV, Louise Heren passou um ano filmando a vida na melhor universidade de babás do mundo. O trabalho resultou no documentário Nanny School e no livro Nanny in a Book (sem tradução para o português), que ela fez em parceria com a produtora Susan McMillan. A obra traz conselhos práticos sobre como lidar com as crianças em diversas situações, todas aprendidas e ensinadas pelas superbabás. O No Pátio, claro, conta a você alguns segredinhos dessas super profissionais. Leia Mais …


O sistema de mapas e GPS mais popular da atualidade está completando o 11° aniversário neste mês. Amplamente procurado por aqueles que desejam encontrar a localização exata de um destino, o Google Maps ainda tem alguns segredinhos que pouca gente conhece.

O app tem funcionalidades que fogem do método convencional de uso da ferramenta e que você muito provavelmente desconhece ou nem imagina que elas existam. Portanto, como o No Pátio adora contar segredos vamos aproveitar para celebrar os 11 anos do Google Maps e listar três dicas de uso para tornar o serviço desse gigante da web mais útil do que nunca. Leia Mais …

Postado em 5 de fevereiro de 2016

Equipe No Pátio


A hora refeições é quase sempre uma bagunça para a criançada e um desafio para os pais. Na tentativa de fazer os pequenos se alimentarem, muitas vezes é preciso “criar” algumas brincadeiras e com isso as crianças podem fazer muita sujeira, bater no prato ou virá-lo por acidente e acabar derrubando tudo.

Alguns vídeos têm circulado nas redes sociais mostrando pratinhos diferentes para a hora da refeição das crianças. Neles, uma pessoa aparece girando o prato em várias direções, mas, mesmo assim, a comida continua intacta e não cai. Se você está se perguntando como isso é possível, o No Pátio desvenda o mistério. Leia Mais …

  • Facebook
  • twitter
  • RSS
  Assine Newsletter
Aguarde...